Indústria de blocos: estabilidade em 2015

Fonte: Revista Prisma

Indústria de blocos de concreto prevê estabilidade nos negócios no primeiro semestre sob o novo governo

Pesquisa semestral da Associação Brasileira da Indústria de Blocos de Concreto (BlocoBrasil), realizada neste mês de novembro, mostrou que a maioria dos fabricantes (66,66%) está pessimista com o desempenho da economia no primeiro semestre 2015. A necessidade de um ajuste fiscal e de redução de gastos para ajustar as contas públicas no próximo ano não trazem perspectivas animadoras para o desempenho da economia e da construção civil brasileira.

Coerentes com essa conjuntura, 50% dos fabricantes que responderam à pesquisa nacional esperam manter o nível atual dos seus negócios, estimativa melhor do que a dos 14,5% de empresários que preveem redução das atividades em até 30%, no primeiro semestre de 2015. Já para 22,91% dos fabricantes, a expectativa é positiva, prevendo crescimento das atividades entre 10% e 20% nesse período do ano que vem.

O mercado imobiliário, seguido pelo programa Minha Casa, Minha Vida, com 47,91% e 33,33% das respostas, respectivamente, são os dois segmentos responsáveis pela manutenção ou crescimento das atividades do setor, segundo os fabricantes associados à BlocoBrasil. A contratação de mais funcionários (22,92%), a adoção de medidas para aumento da produtividade (16,32%), entre elas o treinamento/automatização e a aquisição de máquinas paletizadoras, e a compra de novos equipamentos (10,41%) são as medidas previstas para aqueles que estimam crescimento dos negócios. A redução do número de funcionários é a ação a ser tomada pelos empresários que acreditam na redução das atividades.

O segmento hoje mais significativo do setor – que congrega fabricantes de blocos e pisos intertravados de concreto – é o de blocos estruturais, responsável por 74,35% do faturamento setorial. O segmento de pisos intertravados representa 29,16% do total. Segundo Ramon Barral, presidente da BlocoBrasil, a pesquisa semestral das expectativas para o primeiro semestre de 2015 traça um retrato preciso do que é o setor atualmente.

Sobre a BlocoBrasil

A BlocoBrasil – Associação Brasileira da Indústria de Bloco de Concreto tem como objetivo central promover e fortalecer o setor de pavimentação e de alvenaria para melhoria da qualidade do serviço oferecido por seus associados e consequentemente alavancar o mercado. Fundada em 2003, a associação conta com 92 sócios-fabricantes, 25 sócios-colaboradores e sete sócios-técnicos, em diversos estados brasileiros. Todos os fabricantes associados são participantes do Sistema Unificado de Qualidade, composto pelo Selo de Qualidade ABCP, pelo PSQ (PBQP-H) Sinaprocim/Sinprocim e pela BlocoBrasil, representando assim garantia da qualidade ao mercado.